Legalmente Negra

Just another WordPress.com site

Publicão atende em média 5 animais vítimas de atropelamento por dia

Cães agitados pedem donos superatentos. E passeios sem guias e coleiras ou portões abertos para a rua com o animal por perto, não são uma boa ideia, pois nestes casos, o risco de fuga e atropelamento é muito grande.

Animais vítimas de atropelamento têm sido uma constantes no Hospital Veterinário da Anclivepa-SP e, segundo a direção do hospital, ocupam 10% dos atendimentos diários.

A cachorrinha Kelly, de 6 anos, foi uma da vítimas de atropelamento atendidas pelo “Publicão”.  De acordo com a proprietária Mara Terada, Kelly escapou do quintal pelo portão, quando sua filha saía para brincar na rua, e não teve tempo de conter a cachorrinha.

Kelly foi atropelada por uma garota, que segundo Mara, dirigia em alta velocidade e sem carteira de motorista. “Ela ficou desesperada, queria ir logo embora, disse para eu levar a Kelly a um veterinário, que ela pagaria!”, disse.

Mara, mais do que depressa levou Kelly a um veterinário, que prestou os primeiros socorros, e pediu exames mais aprofundados para avaliar a lesão. “Foi aí o problema, a menina só disse que ia pagar, mas até hoje não pagou nada. Eu não tinha condições para pagar nem o que o veterinário já havia feito, nem os exames que ele pediu. E ainda por cima ele disse que se fosse caso de cirurgia, sairia em média R$ 1500,00”, contou.

Desempregada, com o marido também desempregado e uma filha quase recém-nascida, Mara percebeu que não teria de fato condições de realizar a cirurgia de Kelly. “Aí, eu estava em casa lendo um folhetinho do Tripoli e lá estava escrito sobre o Hospital Público, então eu trouxe ela correndo”, disse Mara.

Kelly, que já havia perdido a pata direita traseira em outro atropelamento há dois anos, passou pela avaliação da equipe ortopédica e foram diagnosticadas fraturas múltiplas na pata dianteira direita.

De acordo com o cirurgião ortopedista Leonardo, uma fratura que se não fosse tratada, deixaria Kelly quase sem locomoção, já que ela antes desse acidente se equilibrava apenas em três patas e não conseguiria se equilibrar em apenas duas.

A cachorrinha passou por uma cirurgia, na qual recebeu um fixador externo que deve recuperar sua pata em um período de 3 a 6 meses. Kelly tem retornado ao hospital diariamente para medicação e curativos. E agora, passa bem. “Graças a Deus, eu peço que existam mais hospitais públicos. Pra mim, isso é muito importante, pois não tenho dinheiro. Ela já perdeu uma perna em outro acidente porque necrosou. Eu não queria que acontecesse de novo. E agora vendo ela assim tratada, fico muito feliz”, finalizou Mara.

O Primeiro Hospital Público do Brasil, apelidado de Publicão, nasceu de uma emenda do vereador Roberto Tripoli (PV), que também participou de projetos como a fiscalização e o combate ao comércio ilegal de cães e gatos, da implantação Merenda Vegetariana em Escolas Públicas e outros projetos voltados para a Proteção Animal.  A novidade surgiu como utopia para os céticos, mas em julho deste ano, o projeto foi posto em prática pela Prefeitura de São Paulo.

A unidade, que é administrada pela Anclivepa (Associação de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de São Paulo), fica na Rua Professor Carlos Zagotis, 3, bairro do Tatuapé, Zona Leste de São Paulo e funciona de segunda a sábado das 7h às 19h. De acordo com a diretoria, os atendimentos são preferenciais à população de baixa renda, sendo assim, os atendidos passam pela triagem de uma assistente social. Para mais informação, ligue 11 2667-7795 / 11 2667-7804 / 11 2667-7789 / 11 2667-7793.

Anúncios

Um pensamento sobre “Publicão atende em média 5 animais vítimas de atropelamento por dia

  1. quero contratar seus serviços de veterinaria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s