Legalmente Negra

Just another WordPress.com site

23/10/2009 – Estações do Metrô Itaquera e Dom Bosco campeãs em furtos e roubos – edição 113

 
Há um ano e meio como delegado titular do 32° Distrito em Itaquera, pertencente a 7a Seccional, Doutor Antonio Abssanra Neto (foto) diz que sempre teve como objetivo principal o policiamento especializado no combate ao furto e roubo de automóveis e  no combate ao tráfico de entorpecentes, e ao longo de sua gestão no bairro de Itaquera, afirma que tem conseguido bons resultados. “Conseguimos reduzir o furto de automóveis na área de cobertura do distrito e quanto ao tráfico de entorpecentes, dirigimos o policiamento para alguns bairros, como a Vila Carmosina, por exemplo, onde há muitos flagrantes”, disse.
 O delegado afirmou que o distrito registra cerca de 10 flagrantes de tráfico de entorpecentes por mês, e essas prisões são o resultado de um trabalho conjunto entre a polícia civil e a policia militar. Para resolver as questões de roubo e furto, Dr.Abssanra contou que são enviadas equipes  para as regiões de maior incidência, entre elas a imediações das estações de trem e metrô (próximo ao Corinthians Itaquera, na divisa com Artur Alvim e com prioridade para a estação Dom Bosco).
    Entre os trabalhos conjuntos realizados pelo 32o DP, o delegado destacou a conquista da iluminação da praça na qual está situado o distrito, conseguida através do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) e da Subprefeitura de Itaquera. “Essa praça não é do distrito, é da comunidade. As pessoas circulam por aqui, passam para ir ao parque. Se você passar aqui durante a noite, vai ver que parece dia. Antes era tudo escuro. Depois de muita briga, conseguimos a iluminação”, ressaltou.
    Dr. Abssanra explicou que em breve será implantado, na 7a Seccional, um novo sistema de segurança com o objetivo de agilizar as investigações para o esclarecimento de crimes. “Esse sistema já está implantado nas áreas da 4a e 5a Seccionais (zonas norte e leste, respectivamente) e tem dado muito certo”, disse o delegado de explicou ainda, que tem feito um trabalho de estreitamento entre a polícia e a comunidade, o que tem favorecido uma segurança efetiva. Dr. Antonio Abssanra  Neto tem 64 anos e está há 36 anos na polícia.

http://www.fatopaulista.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=1269&Itemid=34

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s