Legalmente Negra

Just another WordPress.com site

08/05/2009 – Saindo da Lixeira: Grupo Alma Ambiental produz documentário sobre o meio ambiente – edição 102

Por Elaine Paiva

Meio ambiente, conscientização, coleta seletiva, catadores de materiais recicláveis. Todos esses elementos – e mais alguns – fazem parte do documentário produzido pelo grupo de teatro Alma Ambiental. O vídeo faz parte do projeto “Saindo da Lixeira”, que foi selecionado pelo Edital de Primeiras Obras do Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ) e recebeu vinte mil reais para a sua produção.

 

Foram gravadas 28 horas de imagens e, segundo o diretor Filipe Freitas, o projeto tem como objetivo a sensibilização e conscientização dos moradores do conjunto habitacional José Bonifácio e adjacências, para que voltem seus olhares para os problemas que o lixo pode causar no meio ambiente. “A idéia é que eles mudem seus hábitos em favor do meio ambiente e contribuam para uma coleta seletiva”. Filipe conta ainda que os catadores são muito discriminados pelos moradores e chegam até a ser agredidos. “Tivemos relatos desse tipo em nosso vídeo. Os catadores são, em maioria, pessoas com residência fixa, desempregadas e com idade um pouco avançada que veem na reciclagem uma oportunidade de trabalho e acabam assim contribuindo para o meio ambiente. A nossa idéia é facilitar o trabalho dessas pessoas fazendo com que os moradores tenham um olhar mais humano sobre eles e contribuam com esse trabalho.

 

Além da produção do documentário, o projeto conta com a peça “Antes que a terra fuja”, que é apresentada para os moradores e é seguida de um bate papo para reforçar a conscientização. “As pessoas não mudam seus atos porque às vezes nem sabem a consequência deles. Essas intervenções fazem com que eles reflitam sobre isso” explica Filipe.

 

O projeto conta com a parceria de duas cooperativas de reciclagem do bairro: a CRUFF (Cooperativa de Reciclagem União Faz a Força) e a Cooperativa União. De acordo com o diretor o documentário, ainda sem nome, é um material educativo que deve suplementar a peça teatral, além disso, o material será exibido apenas na região de Itaquera e não tem objetivo de ir para a televisão. “É um documentário feito por pessoas de Itaquera para pessoas de Itaquera, embora envolva um tema universal”, diz. O vídeo está em fase de edição e lançamento está previsto para o mês de junho no Parque Raul Seixas em Itaquera. Depois disso, o material será exibido em outros espaços comunitários como escolas, parques, associações e casas de cultura.

 

O grupo Alma Ambiental é formado por 9 jovens que atuam no bairro de Itaquera desde 2003. Esses jovens produzem, escrevem e dirigem e compõem músicas para as suas peças, que são sempre voltadas para questões relacionadas ao meio ambiente.

 

Filipe Freitas é mineiro, formado em Comunicação Social e pós-graduado em Educação Ambiental. Trabalhou na produção de vídeos publicitários e documentários. É professor de biodança (técnica de desenvolvimento humano) e atuou durante 7 anos como educador ambiental. Veio para Itaquera há 5 meses, quando foi convidado pelo grupo Alma Ambiental para dirigir o documentário e sente orgulho da parceria. “Queremos apresentar um vídeo que seja significativo para Itaquera e para toda a Zona Leste. Fico muito feliz de ver o trabalho dos jovens do grupo. Existem poucos jovens na região que têm essa consciência”, encerra.

 http://www.fatopaulista.com.br/index.php?option=com_content&task=view&id=988&Itemid=38

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s